Aberto oficialmente o Circuito Penedo de Cinema

Solenidade foi realizada na Sala de Exibições montada na Praça 12 de Abril na noite desta segunda-feira

Autoridades participaram da solenidade de abertura do Circuito Penedo de Cinema na noite desta segunda-feira (6) no Centro Histórico de Penedo (Foto – Paulo Accioly)

Na noite desta segunda-feira (6), foi aberto oficialmente o Circuito Penedo de Cinema. Na solenidade, realizada na Sala de Exibições montada na Praça 12 de Abril, diversas autoridades participaram e expuseram a importância da realização do evento na cidade ribeirinha.

“Eu quero agradecer a todos, quero dizer que Penedo recebe de braços abertos a todos nesse evento e que tenhamos uma semana bem frutífera para que possamos fazer cada vez mais cinema”, declarou o coordenador geral do Circuito Penedo de Cinema, professor Sérgio Onofre.

O coordenador da Unidade de Penedo da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Alexandre Oliveira, parabenizou a todos que fazem o Circuito. “Quero convidá-los a participar do evento, que seja proveitoso e muito bom. É emocionante um evento desse porte pra Penedo, aproveitem bastante”, declarou.

O presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Anivaldo Miranda, ressaltou que a entidade faz uma gestão sustentável dos recursos hídricos e, nesse trabalho, é importante contar com a importância da dimensão cultural. Ele também destacou a participação popular no evento que começa hoje e segue até sábado (11).

“O Rio São Francisco envolve histórias, sentimentos, e a criatividade das pessoas. Juntando o imaginário e a tarefa de mudar hábitos, nós chegamos aqui. Aqui é o ponto de confluência para mudar a realidade do dia a dia e as formas de fazer com que isso seja entendido. Então, nada melhor que a arte para fazer isso. Nesse sentido, o cinema pode nos ajudar e muito, não só na criação de obras de arte, mas em documentários que tratam de ações ambientais. O nosso Comitê também patrocina a Mostra Ambiental e esperamos que a cada ano isso, evidentemente, se torne mais conhecido”, disse Anivaldo.

Representando a Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Paulo Poeta reforçou que a parceria entre Ufal e Governo do Estado não se dá apenas no Circuito, mas em outros eventos, tais como a última Bienal do Livro. Trouxe um abraço do governador Renan Filho e adiantou que um projeto especial está sendo desenvolvido para destacar eventos e acontecimentos neste ano que comemora o bicentenário de Alagoas. “Estamos vivendo os 200 anos e Alagoas e esse evento entra nisso. Com isso, estamos fazendo uma cápsula do tempo e vamos colocar tudo que aconteceu nas comemorações do bicentenário, esse evento estará lá”, disse ele.

O prefeito de Penedo, Marcius Beltrão, agradeceu aos penedenses por, a cada ano que passa, participarem ativamente do Circuito Penedo de Cinema. “Penedo vai, Penedo vem, Penedo é terra de quem quer bem. E ao povo ribeirinho do São Francisco que não foge a luta, eu quero parabenizar pela participação neste evento. Parabenizo também o trabalho do Comitê, quero dizer da minha alegria de a Ufal estar consolidada e solidificada em Penedo e é como um baluarte o resgate dos velhos festivais de cinema que vieram a se somar aos demais realizados. A gente fica muito feliz pelo evento, que se consolida como uma das maiores festas cinematográficas do país”, afirmou.

O vice-reitor da Ufal, José Vieira, reforçou a importância das parcerias para a realização de mais uma edição do Circuito. Cumprimentou o presidente do CBHSF pela defesa do Velho Chico e disse ser um compromisso e um dever da Ufal dar visibilidade às questões do Rio São Francisco. “Essa dedicação é mais que uma causa, é um ato de cidadania. E é um compromisso e um dever da Universidade dar visibilidade às questões do Velho Chico. Eu costumo dizer que a Ufal é a maior agente cultural de Alagoas. Mesmo assim, não poderia fazer nada sozinha e todos queremos o desenvolvimento cultural do Estado. Sérgio [Onofre] é um cara que persegue um sonho independente das tempestade, da gestão. Estamos em campos políticos diferentes, mas não temos como não reconhecer o esforço dele para o desempenho do evento”, enfatizou.

Vieira reforçou ainda a importância de se investir em cultura. “Esse projeto tem o mais alto significado não só para Penedo como para o Brasil. O primeiro desafio nosso é fazer com que o gestores percebam que o patrimônio cultural é um investimento. E o Prefeito [Marcius Beltrão] está junto conosco nisso. Isso é muito importante, tem muito significado. Também quero dar um recado a quem está aqui, senhores, senhoras, por estarem desfrutando desse Circuito, vejam: quantas vezes viajamos quilômetros para assistir a bons espetáculos e a gente tem isso aqui. Hoje, Penedo exibe a cultura para aqueles que dela se deleitam. Em nome da Ufal, declaro aberto o Circuito Penedo de Cinema”, encerrou José Vieira. 

Após a solenidade de abertura, o público acompanhou a exibição do filme Como Nossos Pais que conta com a atriz Clarisse Abujamra no elenco; ela estará no Circuito nesta sexta-feira (Foto – Paulo Accioly)

Isso posto, pontualmente às 20h30 desta segunda-feira (6), avisamos a todos que está oficialmente aberto o evento que já faz parte do calendário cultural alagoano: O Circuito Penedo de Cinema começou! E já começou com filme premiado. Após a solenidade de abertura, a Mostra de Longa-Metragem Nacional trouxe ao público a exibição de Como Nossos Pais.

Deriky Pereira – Ascom Circuito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *