Vencedores de mostras competitivas do Circuito terão prêmios de pós-produção

No total, serviços ofertados custam 12 mil reais e serão entregues pelas empresas Mistika Post e DOT

A sócia-diretora da Mistika Post de São Paulo, Ariadne Mazzetti, diz que a empresa apoia cerca de 20 festivais de cinema por ano com premiações em pós-produção (Foto – Arquivo Pessoal)

Tradicionalmente, o Circuito Penedo de Cinema premia os filmes vencedores das mostras competitivas Velho Chico de Cinema Ambiental, do Festival de Cinema Universitário de Alagoas e do Festival do Cinema Brasileiro em dinheiro. Neste ano, além dos R$ 37 mil garantidos pelo evento, será entregue o total de R$ 12 mil em serviços de pós-produção, oferecidos pelas empresas Mistika Post e DOT.

Desse total, R$ 2 mil serão entregues aos vencedores do júri popular pela Mistika Post e esse mesmo valor será repassado pela DOT a quem se consagrar vencedor pelo júri oficial. A sócia-diretora da Mistika Post de São Paulo, Ariadne Mazzetti, diz que a empresa apoia cerca de 20 festivais de cinema por ano com premiações em pós-produção.

“São cerca de 250 mil reais investidos em todas as regiões e sempre procuramos privilegiar as mostras dos realizadores locais, para que eles tenham os mesmos acessos que os produtores do eixo Rio/São Paulo também tenham”, diz, complementando que 50% dos festivais apoiados pela empresa são da região Nordeste.

“Entendemos que formando profissionais e que incentivando q eles busquem uma melhor qualidade de entrega dos seus filmes, mais chances eles terão de serem exibidos, comercializados no Brasil e no exterior, aumentando assim a visibilidade e reconhecimento das nossas produções”, explica Ariadne.

E foi para descentralizar o cinema desse eixo Rio/São Paulo que o Circuito Penedo de Cinema foi escolhido. “O fato de ser um festival que tem uma mostra ambiental como a Velho Chico, que é de extrema importância para que possamos imergir um pouco nessa questão e entender inclusive as questões que hoje estão as voltas do Rio São Francisco foram, de fato, motivacionais para que procurássemos o Circuito Penedo”, salienta a diretora.

Deriky Pereira – Ascom Circuito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *