Museu Velho Chico realiza exposição sobre a preservação do Rio São Francisco

Espaço traz peças do acervo do Museu Ambiental Casa do Velho Chico; visitas mediadas acontecem até o último dia do evento

Stand ‘Eu Amo Velho Chico” (Foto: Kamylla Feitosa)

Até domingo, na Praça 12 de Abril, os participant  es do Circuito Penedo de Cinema podem visitar o stand do Museu Ambiental Casa do Velho Chico, localizado originalmente na cidade de Traipu. A expografia do espaço remonta aspectos culturais e paisagísticos típicos da região e chama a atenção para a preservação do Rio São Francisco, a partir da educação ambiental voltada à crianças e é idealizada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF).

Com painéis e peças que compõem o acervo do Museu do Velho Chico, o espaço explora os elementos culturais e naturais da região banhada pelo rio, além das espécies de peixes e plantas típicas da Caatinga e as lendas populares. O stand oferece visitas guiadas nas manhãs e tardes, até o dia 2 de dezembro.

 

De acordo com o fundador e diretor do Museu, Antônio Jacson Borges Lima, a ideia é evidenciar as várias atividades econômicas e chamar a atenção sobre a degradação ambiental sofrida pelo rio. “O Museu foi criado com a finalidade de trabalhar principalmente com crianças e temos um acervo itinerante que busca despertá-las para que se tornem defensores do Velho Chico e se preocupem com o futuro do rio”, destacou.

Sobre o Museu

Criado em 2001, o Museu Ambiental Casa do Velho Chico, localizado no município de Traipu, conta com circuito expográfico fixo, que expõe 18 painéis sobre questões ambientais, 4 que evidenciam a presença das populações indígenas e quilombolas, os elementos históricos e as atividades econômicas que geram renda ao sertanejo.

As exposições itinerantes do acervo do Museu já passaram por Maceió, Arapiraca, Pão de Açúcar, além de Petrolina, em Pernambuco e Aracaju e Itabaiana, em Sergipe.

      

Fotos: Jônatas Medeiros

O evento

O Circuito Penedo de Cinema é realizado pelo Instituto de Estudos Culturais, Políticos e Sociais do Homem Contemporâneo (IECPS), Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura de Alagoas (Secult) e pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal). O evento ainda é patrocinado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Prefeitura de Penedo, Sebrae e Fapeal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *